(27) 3361-6728

A RÁDIO DO POVO!

 

Sérgio Vidigal e a esposa Sueli no hospital onde o deputado está internado
Sérgio Vidigal e a esposa Sueli no hospital onde o deputado está internado
Foto: Reprodução

O deputado federal Sérgio Vidigal (PDT) deve ser transferido para um hospital da Serra, de helicóptero, na manhã desta segunda-feira (02). Ele bateu com o carro, na manhã de ontem, na BR 262, quando passava pela cidade de Martins Soares, Minas Gerais.

Vidigal dirigia o carro, um Corolla prata, no sentido Vitória - Minais Gerais. Com ele estava o assessor parlamentar Sirlande Teixeira. Eles seguiam para Brasília, numa viagem de cerca de 14 horas.

 

De acordo com a assessoria do deputado, Vidigal levava o veículo para Brasília para deixá-lo lá e, com isso, economizar com aluguel de automóveis. Deputados podem usar cota parlamentar para viajar de avião.

Vidigal e Sirlande foram socorridos para o Hospital César Lucas, em Manhuaçu, também no Estado mineiro. O assessor recebeu alta ontem à noite.

A esposa do deputado, Sueli Vidigal, e o filho do casal, Sérgio Vidigal Júnior, foram para Manhuaçu neste domingo. O filho, que é médico, contou que o pai foi submetido a uma série de exames de tomografia. Não houve nenhuma fratura ou lesão aparente, embora sentisse muita dor. Novos exames serão feitos na Grande Vitória hoje.

“A previsão é transferir amanhã (segunda) cedo, muito provavelmente para algum hospital ali na Serra. Será por transporte aéreo, a não ser que não haja teto (para decolagem do helicóptero). Está chovendo um pouco no Caparaó. Ele tem que fazer ressonância, que não tem aqui, e outros exames. Mas acredito que não tenha nada (grave)”, disse o filho.

Ele afirmou que as despesas de transferência serão custeadas pelo plano de saúde do pai, que inclui o serviço de remoção.

LEIA TAMBÉM

 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o impacto maior foi do lado do motorista, onde estava o deputado. Ele foi resgatado e reclamava de dores no ombro e no pescoço.

De acordo com Vidigal Júnior, o pai não consegue lembrar do momento do acidente. Apenas de fatos que ocorreram antes e depois. “Eles lembram que estava chovendo muito. Provavelmente, tenha sido alguma aquaplanagem. A estrada nesse trecho é muito ruim”, disse.

Vidigal tinha recém comprado o carro do filho e o documento ainda está no nome dele. Ele confirmou a informação de que o pai levaria o automóvel para usar em Brasília.

BRASÍLIA

O deputado federal Carlos Manato (SDD) acionou um parlamentar da região de Manhuaçu e se colocou à disposição de Vidigal para viabilizar a transferência.

“Tem um médico da região que é deputado. Vidigal passou por várias tomografias e não deu nada. Aparentemente, foram só escoriações”, informou Manato, que também é médico.

Manato afirmou que em pelo menos seis oportunidades, ao longo de 14 anos de mandatos, dirigiu de Vitória para Brasília, para levar um carro particular. No entanto, evitou as rotas por temer sofrer acidentes na estrada. Quando é necessário, pede para que um funcionário faça o percurso.

FONTE: GAZETA ONLINE

 Data de publicação - 02/10/2017 09:02:07



Todos os direitos reservados COLINAFM.COM

Rua Horácio Santana, 291 - Ed. Antares Center - 1º Andar - cep 29200-750 - Parque Areia Preta - Guarapari-ES