(27) 3361-6728

A RÁDIO DO POVO!

 

Por G1 ES

 


 
Vazão de água em canal do Rio Pequeno começa a aumentar — Foto: Divulgação/ Leonardo CarvalhoVazão de água em canal do Rio Pequeno começa a aumentar — Foto: Divulgação/ Leonardo Carvalho

Vazão de água em canal do Rio Pequeno começa a aumentar — Foto: Divulgação/ Leonardo Carvalho

A vazão de água no canal feito na barragem do Rio Pequeno, em Linhares, Norte do Espírito Santo, começou a ser aumentada aos poucos. A previsão é que o processo de ampliação seja concluído na quarta-feira (26), quando a vazão de água vai chegar a 100 m³ por segundo.

Cinquenta e seis famílias que moram às margens do rio tiveram que sair de casa até a última sexta-feira (21), por causa da obra de ampliação do canal.

A expectativa é, com a nova ampliação, mandar para o Rio Doce toda a água excedente na Juparanã. A cheia na lagoa já dura mais de seis meses.

A Fundação Renova garantiu que o nível de água da Lagoa Juparanã já baixou 46 centímetros desde a reabertura do canal, no sábado (22).

Como medida de segurança, a Renova realocou as 56 famílias que moram perto da barragem. Os moradores devem ficar fora de casa por um período mínimo de oito dias.

 

Ampliação

 

Os serviços foram anunciados depois que uma empresa internacional fez um estudo, juntamente à Fundação Renova, e concluiu que existe tanta água atrás da barragem, que há um risco de ela se romper.

Esse barramento foi construído pela Samarco em 2015, para evitar o contato do Rio Doce, contaminado pela lama de rejeitos de minério, com o Rio Pequeno e, consequentemente, com a Lagoa Juparanã.

Neste ano, para evitar o rombimento da barragem e dar vazão à água que começou a acumular, foi feito um canal no local, mas ele não deu conta da quantidade de água.

 

FONTE: G1

 Data de publicação - 25/09/2018 09:44:36



Todos os direitos reservados COLINAFM.COM

Rua Horácio Santana, 291 - Ed. Antares Center - 1º Andar - cep 29200-750 - Parque Areia Preta - Guarapari-ES