(27) 3361-6728

A RÁDIO DO POVO!

 

Por G1 ES

 


Cinco ciclistas foram atropelados por um carro de passeio, por volta das 6h30 deste sábado (29), na Rodovia do Sol, na altura do bairro Interlagos, em Vila Velha, sentido Guarapari. O motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi conduzido para a delegacia.

Testemunhas contaram que o grupo, de aproximadamente 20 ciclistas, seguia pelo acostamento da rodovia quando o carro passou bruscamente da faixa da esquerda para a direita e atingiu os ciclistas.

“Nós seguíamos no sentido Vila Velha para Guarapari, como fazemos toda terça, quinta e sábado. Seguíamos no acostamento, quando, de repente, ouvimos o barulho do pneu freando no asfalto e já veio atingindo o pelotão. Cinco amigos nossos caíram, se machucaram bastante”, contou o representante comercial Leonardo Albernaz.

 
Grupo de ciclistas foi atropelado por carro de passeio na Rodovia do Sol, em Vila Velha — Foto: Reprodução Grupo de ciclistas foi atropelado por carro de passeio na Rodovia do Sol, em Vila Velha — Foto: Reprodução

Grupo de ciclistas foi atropelado por carro de passeio na Rodovia do Sol, em Vila Velha — Foto: Reprodução

A vítima com ferimentos mais graves é uma empresária de 50 anos. Também foram atingidos um vendedor, de 38 anos; um soldado, de 28; um mecânico de bicicletas, de 30; e um representante comercial.

De acordo com a Polícia Militar, todos foram socorridas pelo Samu e por equipes da Rodosol e encaminhadas ao Hospital São Lucas, em Vitória.

O condutor do veículo, um estudante e cozinheiro, de 21 anos, se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi conduzido à Delegacia Regional de Vila Velha. Ele foi levado ao DML para exames. De acordo com a polícia, ele estava disperso

Uma mulher que estava com ele no carro, que atua como garçonete, contou aos ciclistas que trabalha em um bar e estava comemorando o aniversário de 26 anos.

De acordo com as testemunhas, o motorista parecia estar alcoolizado. “Estava com odor de álcool, movimentos lentos, fala devagar”, disse Leonardo Albernaz.

 
Motorista foi levado para fazer exames e retornou para a delegacia — Foto: Reprodução/ TV GazetaMotorista foi levado para fazer exames e retornou para a delegacia — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Motorista foi levado para fazer exames e retornou para a delegacia — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

 

Medo e insegurança

 

O operador industrial Sidney Zanotti, que pedalava com o grupo na hora do acidente, contou que ficou assustado e revoltado com o que viu.

“Estou tremendo até agora. Estou arrepiado do susto que eu passei quando ouvi o barulho do carro rodando. É uma cena muito forte você ver seus amigos sendo jogados por um carro no asfalto, sangrando. Eu já parei de andar de moto por achar que era perigoso. Agora, você andar no acostamento e ser atropelado, sem tempo de reagir, é um absurdo. É revoltante!”, disse.

"Nos dias de finais de semana, as pessoas passam a noite nas baladas e se torna mais perigoso o fluxo por essa via. Meio de semana agente consegue treinar com mais facilidade", lamentou o mecânico de bicicletas Rafael Silva Oliveira, que costuma pedalar na rodovia.

 
Com o acidente, bicicletas ficaram retorcidas — Foto: ReproduçãoCom o acidente, bicicletas ficaram retorcidas — Foto: Reprodução

FONTE: G1

 

 

  •  

 Data de publicação - 01/07/2019 15:00:27



Todos os direitos reservados COLINAFM.COM

Rua Horácio Santana, 291 - Ed. Antares Center - 1º Andar - cep 29200-750 - Parque Areia Preta - Guarapari-ES