Anterior
Próximo

Enfermeira é detida ao ser flagrada com injeção para matar marido internado em hospital no ES

Facebook
Twitter
LinkedIn

Caso aconteceu na tarde desta segunda-feira (25), no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) de um hospital particular de Cachoeiro de Itapemirim. Suspeita disse, em depoimento, que vítima está em quadro vegetativo e queria minimizar o sofrimento da vítima.

Uma enfermeira, 41 anos, foi detida suspeita de tentar matar o marido, que está internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) de um hospital particular de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, na tarde desta segunda-feira (25).

A tentativa, de acordo com a Polícia Militar, aconteceu quando ela visitava o marido. A mulher foi flagrada por funcionários da unidade com uma seringa contendo um líquido amarelo. Ela foi contida pela equipe do hospital, que chamou a PM.

A mulher foi levada para prestar depoimento na Delegacia Regional. O delegado informou que ela é enfermeira e trabalha em outro hospital no município.

Segundo o depoimento dela, o marido está em estado vegetativo e queria diminuir o sofrimento dele aplicando uma injeção que pegou no hospital onde trabalha, mas não chegou a aplicar o líquido.

A Unimed Sul Capixaba informou que identificou atitude suspeita e acionou a polícia para condução do caso.

Não há informações do quadro de saúde do homem e nem a causa da internação. A Polícia Civil informou que vai periciar o conteúdo da injeção e também o sangue do paciente, para saber se foi aplicado algum tipo de substância nele.

Fonte: G1

Notícias Recentes