Anterior
Próximo

Mortes, ferido e mais de 230 fora de casa após fortes chuvas no ES

Facebook
Twitter
LinkedIn

Somente em Alegre, choveu 114 milímetros e 154 pessoas estão desalojadas

As fortes chuvas que atingem o Espírito Santo desde o início da semana já deixou, pelo menos, dois mortos, um ferido e 233 pessoas desalojadas ou desabrigadas em diversas cidades. O município mais atingido foi Alegre, onde, em 24 horas, choveu 114 milímetros.

Segundo o boletim mais recente da Defesa Civil Estadual, somente em Alegre são calculados 154 pessoas desalojadas. Além da cidade, Cariacica tem 10 fora de casa, Colatina tem 8, 2 em Guaçuí, 6 em Nova Venécia e 14 em São Mateus.

Em Linhares, 39 moradores foram encaminhadas para o Ginásio do bairro Conceição. Elas precisaram deixar suas casas em decorrência da cheia do Rio Doce, que continua acima da cota de inundação.

Além de Alegre, houve alto acumulado de chuva em Guaçuí, com 77,65 mm. Na Grande Vitória, a cidade onde mais choveu foi Cariacica, com 37,56 mm.

Também em Cariacica, as 10 pessoas são da mesma família e ficaram desalojadas em Alto Lage após o muro da casa em que moram desabar na última terça-feira (15), durante a forte chuva que atingiu a Grande Vitória. Além da casa de dois andares, a Defesa Civil também interditou a escada que dá acesso ao local.

Segundo a Defesa Civil, a causa do desabamento da parte de cima foi a irregularidade na obra feita no terreno de baixo. A pessoa responsável pela construção fez uma escavação irregular.

Nesta quarta-feira (16), um homem morreu em decorrência da forte chuva que atingiu o município de Alegre. A informação foi confirmada pelo prefeito da cidade, Nirrô Emerick.

Segundo o prefeito, a vítima é José Luiz Albani, funcionário aposentado do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) e ex-secretário de Agricultura do município. José Luiz teria sido atingido por um muro, que caiu durante a chuva.

Em um comunicado divulgado nas redes sociais, a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) informou que o muro que causou a morte do aposentado circunda o campus de Alegre e atingiu parte de uma residência nas proximidades.

Em Nova Venécia, um homem morreu ao ser arrastado pela correnteza de um rio, durante uma enchente que atingiu o distrito de Guararema, interior do município.

De acordo com informações da Defesa Civil, o homem teria estacionado o carro ao lado de uma escola, bem próximo ao rio. Quando a água começou a subir, ele seguia em direção ao veículo para retirá-lo do local.

Enquanto ele tentava chegar no carro, um caminhão passou rápido pelo local e se formou uma onda, jogando o homem para dentro do rio. Com a força da correnteza, ele foi arrastado e chegou a ficar desaparecido. A Defesa Civil informou que o corpo foi encontrado na manhã desta quarta-feira.

Casagrande viaja para Alegre após temporal

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, viajará para Alegre, na Região do Caparaó, para acompanhar os impactos causados pela chuva que atingiu o município nesta quarta-feira (16). 

A previsão é de que Casagrande chegue a Alegre por volta das 8 horas. Em sua conta no Twitter, o governador disse que visitará os locais afetados pelas chuvas e anunciará medidas de apoio aos municípios da região que também sofreram impactos.

Fonte: Folha Vitória

Notícias Recentes