Anterior
Próximo

Nova Matriz de Risco vai considerar número de cidadãos vacinados

Facebook
Twitter
LinkedIn

O número de pessoas vacinadas pode influenciar até no funcionamento do comércio

As definições do mapa de risco da covid-19 devem ser alteradas e a cobertura vacinal vai se tornar fator determinante para classificação de risco e definição de estratégias contra a pandemia nos municípios capixabas.

As mudanças serão definidas durante reunião extraordinária do Comitê Científico do governo do Estado nesta quarta-feira (06), conforme anunciou o secretário de Saúde do Estado, Nésio Fernandes, durante pronunciamento na tarde desta terça-feira (05).

“Nós teremos amanhã (quarta) uma reunião extraordinária da sala de situação, onde iremos atualizar diversas medidas do enfrentamento a pandemia no Estado”, comentou Nésio.

Segundo ele, após a reunião, o governador Renato Casagrande fará um pronunciamento com anúncios importantes na reorientação da estratégia e na metodologia de classificação dos riscos das cidades capixabas dentro da matriz de risco.

“A cobertura vacinal passará, possivelmente, a ser o principal fator determinante para que o município seja reconhecido como risco muito baixo para a covid-19”, revelou o secretário.

Sendo assim, o número de pessoas vacinadas pode influenciar no funcionamento do comércio, escolas e demais serviços considerados não essenciais.

Nésio alerta ainda que a população deve compreender que, neste momento, todos os adultos vacinados representam uma condição diferenciada na esperança de viver dias sem a pandemia ou óbitos.

Fonte: Tribuna online

Notícias Recentes