Anterior
Próximo

Promessa dos EUA, goleira é encontrada morta em dormitório

Facebook
Twitter
LinkedIn

Katie Meyer, de 22 anos, foi encontrada morta em seu dormitório na universidade de Stanford, onde jogava e era capitã da equipe

Uma das promessas dos Estados Unidos no futebol feminino, a goleira Katie Meyer foi encontrada morta em seu dormitório na Universidade de Stanford, na Califórnia. Aos 22 anos, Katie era capitã do time de Stanford e foi encontrada pela polícia nesta semana.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, as autoridades não revelaram a causa da morte da jogadora. No entanto, a polícia afirmou que não havia ameaça contra a jovem, e que a morte de Katie não está sendo tratada como suspeita, levando a crer que ela tirou a própria vida.

Ainda segundo a publicação, ela era formada em relações internacionais e licenciada em história.

Katie ganhou os holofotes depois de ser protagonista na conquista do campeonato NCAA de 2019, quando Stanford derrotou a Carolina do Norte e a goleira defendeu dois pênaltis. Sua reação ao realizar as defesas viralizou nas redes sociais.

Suas boas atuações renderam convocações A NCAA , a seleção dos Estados Unidos e a universidade onde Katie cursava lamentaram a morte da jogadora em suas redes sociais.

“Os pensamentos e corações de toda a Federação de Futebol dos EUA estão com a família, amigos, companheiros de equipe e entes queridos de Katie Meyer”, escreveu a entidade norte-americana.s

Fonte: Metropoles

Notícias Recentes